Terça, 04 de Agosto de 2020 19:47
22°

Poucas nuvens

Imaculada - PB

Dólar com.

R$ 5,28

Euro

R$ 6,23

Peso Arg.

R$ 0,07

Anúncio
Imaculada/PB Alívio

Corpo de Bombeiros desativa posto de monitoramento na Barragem Pedra Lisa, em Imaculada e tranquiliza população. Vídeo

Coronel Saulo disse que a desmobilização só foi possível em virtude do significativo avanço dos trabalhos realizados pelas empresas contratadas.

14/05/2020 09h55
340
Por: Imaculada Online Fonte: Imaculada Online
Corpo de Bombeiros desativa posto de monitoramento na Barragem Pedra Lisa, em Imaculada e tranquiliza população. Vídeo
O coronel Saulo, do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba, informou que a corporação está desativando nesta quinta-feira (14), o posto de monitoramento na Barragem Pedra Lisa, no município de Imaculada, que ameaçou romper após ter ultrapassado a capacidade hídrica. Também está sendo desativado o posto avançado de comando em Olho D`água.
 
Coronel Saulo disse que a desmobilização só foi possível em virtude do significativo avanço dos trabalhos realizados pelas empresas contratadas pelo governo do estado para atuarem na área da barragem, proporcionando a diminuição da capacidade hídrica, como também, os reparos emergenciais no manancial.
 
“É um desejo de todos envolvidos nessa operação que essa nossa ação seja em caráter definitivo, mas também tranquilizamos a população que, se necessário for, estaremos em plenas condições de desenvolver o que foi estabelecido no nosso planejamento operacional numa eventual necessidade, com condições plenas de reativar todos os postos e mobilizar toda logística que foi direcionada para essa operação”, concluiu o coronel Saulo.
 
Conforme dados disponíveis no site da Aesa, fortes chuvas que caíram na região desde o início do ano fizeram com que a barragem alcançasse a marca de 6.068.069 m³ de água, que correspondem a 123% da capacidade total do reservatório, que é de 4.929.420 m³.
 
Veja o vídeo:

Tocador de vídeo

Folha Patoense
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias