E-mail

redaçã[email protected]

WhatsApp

00000000000

Anúncio
Clima

Meteorologista explica causas das fortes precipitações chuvosas no Sertão.

Os reservatórios de água do Estado têm obtido recargas, após um período de estiagem que começou nos últimos meses de 2019.

11/01/2020 08h03
Por: Imaculada Online
Fonte: Imaculada Online
109

As fortes chuvas das últimas 48h que vem caindo na Paraíba, principalmente nas regiões do Sertão e Cariri, vem trazendo alegria a milhares de paraibanos, apesar de alguns danos a infraestruturas. Para explicar o efeito dessas chuvas, a meteorologista da Aesa, Carmem Becker, atribuiu dois fatores como sendo decisivos.

Segundo Carmem Becker, o motivo para a intensificação do período chuvoso tem relação com o fenômeno El Niño. “Ele não está atuando. Temos também as condições favoráveis do Oceano Atlântico”, afirmou.

Beker explicou ainda que desde 2012 o Estado, principalmente as regiões mais secas, vinha enfrentando irregularidades nas chuvas. Por isso esse ano pode ser considerado o maior inverno dos últimos oito anos. No Sertão, Alto Sertão, Cariri e Curimatau o período chuvoso vai de fevereiro a maio. As chuvas de janeiro são consideradas de pré-estação.

Os reservatórios de água do Estado têm obtido recargas, após um período de estiagem que começou nos últimos meses de 2019. O açude Boqueirão, por exemplo, obteve, apenas no período das 6h às 14h de hoje, um acréscimo de mais de 9 milhões de metros cúbicos, atingindo um volume superior a 78,31 milhões de metros cúbicos, o que equivale a 16,79% de sua capacidade.

PB AGORA

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias